Contato: (19) 3295-0392 | 3295-2088 | (19) 9 9917-6015

Agende sua consulta! Teleconsulta

Fazer atividade física exige conhecimento

O exercício também é fundamental, mas é preciso entender como e qual exercício fazer para ser mais eficiente no tempo disponível. A pergunta é:

Como gastar a energia ingerida?

Uma pessoa adulta de 170 ms,  70 kg e sedentária  tem um gasto calórico/ por dia de:

Atividade de Exercício=  zero  calorias por dia

Metabolismo basal de repouso = 1300 calorias por dia

Gasto de energia dos processos da digestão = 300 calorias por dia

Gasto energético derivado das atividades rotineiras = 400 calorias por dia

Gasto energético Total por dia =  2000 calorias por dial

Como então, modificar esse gasto para emagrecer?

Atividade de exercício: Uma caminhada de 1 hora queima em média 250 calorias, menos do que a energia de um pão com manteiga. Atividades vigorosas com corridas de 1 hora podem queimar 600 calorias, algo como um café com leite e o pão com manteiga referido anteriormente.

Fica claro que o exercício, mesmo praticado regularmente, acaba queimando poucas calorias. Para quem não é atleta, só atividades como caminhada não funcionam para a perda de peso sem uma dieta rigorosa.

Metabolismo basal de repouso: Essa é a energia que o corpo gasta em repouso. Sentado na cadeira, assistindo TV, você pode queimar de 50 a 150 calorias por hora, dependendo da sua massa muscular. Apenas os músculos são capazes de gastar essa energia extra se forem trabalhados com exercício resistido (musculação). Treinamentos com peso por 40 minutos e pelo menos 3 vezes por semana podem e vão aumentar sua massa muscular. Quanto mais músculos, maior o gasto de energia mesmo ao repouso. Por esse motivo, hoje recomendamos a caminhada ou corrida intercalada com a atividade de musculação. Pense que seu gasto de energia pode subir muito e junto com a dieta, seu peso ideal será atingido.

Gasto de energia da digestão: Este gasto representa a energia que o corpo usa para a digestão e processamentos dos alimentos. Normalmente não interferimos nessa atividade para a perda de peso.

Gasto energético de atividades da rotina: Quando você se desloca até outra sala no trabalho, acaba gastando um pouco mais de energia. Bem pouco, é verdade. Atividades de escritório não requerem grandes gastos energéticos, porém, quando somamos as horas passadas no trabalho, vemos que 20 calorias a mais por hora podem representar 320 calorias ao final da jornada de trabalho! É preciso mudar hábitos de vida, andar a pé até as compras, parar longe no estacionamento, subir pelas escadas, fazer pequenas caminhadas dentro da firma no período de folga, usar o corpo e mexer os músculos. Uma pessoa totalmente sedentária pode aumentar seu gasto energético diário para 1000 calorias com pequenas mudanças na rotina.

Vejamos como ficaria a lista de gastos energéticos em alguém que seguisse todas as recomendações acima:

300 + 1800 + 300 + 800 = 3200 calorias gastas diariamente!

Portanto 1200 calorias a mais por dia!

Regras básicas:

1. Coma menos e melhor.

2. Controle a quantidade de calorias diárias, mesmo não sendo obeso.

3. Gaste a energia dos alimentos.

Viva mais e melhor.

Saiba mais em  http://heartlean.blogspot.com/

Dr. José Roberto Matos Souza

Cardiologista da UNICAMP  e da Clínica LOEMA - Medicina e Bem-Estar.

Pesquisador do LIMED - Laboratório de Investigação em Metabolismo e Diabetes da UNICAMP.

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Av. José Bonifácio, 1901 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP,13092-305,Brasil

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que você procura?

Insulina Humana

A insulina humana (NPH e Regular) utilizada no tratamento de diabetes atualmente é desenvolvida em laboratório, a partir da tecnologia de DNA recombinante. A insulina chamada de ‘regular’ é idêntica à humana na sua estrutura. Já a NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito mais prolongado.

Análogo de Insulina

Um análogo de insulina é uma forma alterada de insulina, diferente de qualquer que ocorrem na natureza, mas ainda está disponível para o corpo humano para executar a mesma acção de insulina humana em termos de controle glicêmico.

Canetas Descartáveis

As canetas descartáveis, já vem carregadas com insulina e ao terminar seu uso são dispensadas e pega-se uma nova caneta, dispensa portanto a troca de refis, tornando o uso ainda mais simples.

Canetas Reutilizáveis

As canetas podem ser reutilizáveis, e que se compra o refil de 3 mL de insulina para se carregar na caneta. Neste caso é importante observar que as canetas são específicas para cada fabricante de refil.