Coma Mixedematoso

O coma mixedematoso é a expressão mais grave do hipotireoidismo. Como foi dito nas matérias anteriores (o que é tireoide), os hormônios da tireoide controlam o metabolismo.

O resfriamento associado à diminuição do metabolismo pode levar a um comprometimento da respiração. Sim, o paciente pode começar a parar de respirar vagarosamente. O corpo começa a acumular gás carbônico, que em maior concentração leva ao coma. Os rins também reduzem a taxa de filtração do sangue, acumulando sódio. O coração bate mais lentamente e o açúcar sanguíneo diminui (hipoglicemia).  

Tudo isso fragiliza o sistema imune do paciente, facilitando a instalação de outras doenças como pneumonia e infecção de urina, que acabam piorando ainda mais o quadro. O mixedema, que é o edema duro (inchaço) acompanha todo o quadro e se localiza principalmente sob os olhos (figura). Resumindo, os principais sintomas são:

O tratamento do coma mixedematoso é óbvio. Repor os hormônios que estão faltando (levotiroxina). Aquecer e controlar a respiração colocando o paciente em um aparelho de ventilação mecânica. Corrigir os níveis de sódio e açúcar e usar antibióticos para tratar as infecções. A evolução desses pacientes geralmente é boa quando o diagnóstico e o tratamento são feitos corretamente.

Tags: