Glifage XR 500 mg pode continuar sendo usado

Pacientes que utilizam o produto Glifage XR podem e devem continuar a fazê-lo.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), pela resolução publicada em 15/5/2013, proibiu a importação dos produtos Glifage XR 500 mg e Glucovance, que eram fabricadas na França.

A Empresa Merck informou, como consta no site da ANVISA, que o produto Glifage XR 500 vendido no Brasil é produzido pela Merck do Brasil desde o ano passado.
Fonte: Anvisa