Síndrome dos Ovários Policísticos

Síndrome dos Ovários Policísticos

 

sindrome-ovarios-policisticosOs ovários policísticos são cada vez mais comuns nos dias de hoje. Estatísticas mostram que podem estar presentes em até 40% das mulheres com infertilidade e em 90% das mulheres com ciclos menstruais irregulares.

Mulheres com essa alteração, podém ter diversos cistos em ambos os ovários, além de:

  • Irregularidade menstrual podendo ficar meses sem menstruar. Os ovários policísticos não conseguem liberar o óvulo o que leva a alterações dos hormônios sexuais femininos causando infertilidade em alguns casos.
  • Aumento de pêlos no corpo (hirsutismo). Além de não liberar hormônios femininos corretamente, os ovários começam a produzir mais testosterona (hormônio masculino). Os principais locais de pilificação são a face, tórax, abdome, genitália e coxa. 
  • Quase metade das mulheres com ovários policísticos tem excesso de peso e quase todas elas possuem algum grau de resistência à ação da insulina. A obesidade pode ser causa ou consequencia da resistência à insulina.
  • Se houver aumento dos hormônios sexuais masculinos a pele se torna cada vez mais oleosa causando acne e seborréia.
  • A resistência à insulina também pode causar espessamento e escurecimento da pele nas axilas, nuca, embaixo das mamas e nas coxas denominada acantose nigricans.

Mas qual é a causa dos ovários policísticos?

Não existe apenas uma causa. Vários fatores influem na apresentação da doença. 

  • Disfunção da fabricação de hormônios pelos ovários
  • Desregulação hormonal do hipotálamo e da hipófise
  • Resistência à insulina
  • Dieta inadequada e falta de atividades físicas causando obesidade.

Tratamento

Atividade física, dieta adequada e perda de peso muitas vezes podem controlar quase todos os sintomas naquelas mulheres com excesso de peso. Medicamentos hipoglicemiantes e medicamentos para controle do ciclo menstrual também podem ser utilizados. O ideal é buscar ajuda médica para o tratamento mais adequado em cada caso.

Deixe um comentário